segurança para roteador gigarouter

Fique livre de malwares e outros riscos com o GigaRouter, o roteador inteligente da Gigalink

Com tecnologia inovadora, roteador impede ataques de programas maliciosos e aumenta a segurança dos usuários

Buscando encontrar soluções inovadoras e aumentar a segurança dos usuários da Gigalink, foi criado o GigaRouter, um roteador inteligente, para testar a confiança e a velocidade da sua conexão. Além disso, é possível evitar ataques de programas maliciosos como os malwares, que vem causando problemas em todo o mundo. 


O malware é um programa malicioso que se infiltra em computadores e rouba ou altera informações dos usuários. Recentemente, especialistas alertaram sobre o VPNFilter, um malware que infecta roteadores para roubar informações e senhas. O código aproveita diversas falhas de segurança desses aparelhos e intercepta a comunicação entre os dispositivos, expondo diversas informações pessoais dos usuários. Como consequência, tanto o FBI (Polícia Federal Americana) e o Ministério Público brasileiro já emitiram comunicados para que os internautas reiniciem seus roteadores e que refaçam manualmente a configuração.

Com o GigaRouter, essa preocupação não existe. Como o programa remove intrusos de seu sistema em apenas um clique, os malwares não possuem vez para quem contratar os serviços da Gigalink. Inovador. Inteligente. Fácil.


Funções do GigaRouter

O produto consiste em ter o Viki, um técnico virtual, trabalhando na conexão e gerando mais estabilidade e confiabilidade nos serviços da Gigalink. O GigaRouter oferece diversas funções para os usuários, como:

- Reconfiguração Automática – Permite a reconfiguração do roteador através do sistema

- Mudança de Senha – Basta entrar na área do assinante e alterar sua senha com a ajuda do Viki.

- Controle de Dispositivos – permite que em um clique você possa remover da sua rede aparelhos não autorizados, deixando sua conexão mais rápida, pois quanto mais dispositivos conectados ao roteador, mais lenta fica a internet.

- Impede a ação dos malwares.


Matheus Oliveira

0 0
Feed