Gigalink inovação em cada conexão

(22) 3512-2000

(22) 3512-2000

Gigalink inovação em cada conexão
Gigalink inovação em cada conexão
Gigalink inovação em cada conexão

4 dicas para monitorar seu pet

O que seu pet está fazendo quando você não está em casa? Veja essas dicas para monitorar seu pet.

Comprovadamente são muitos os benefícios para nossa saúde física e mental em ter um animal de estimação em casa. Sejam caminhadas e brincadeiras que estimulam atividades físicas, muito negligenciadas na correria do dia a dia, seja por conta da sensação de conforto e carinho que os pets proporcionam. Outro benefício, é o senso de rotina e organização que desenvolvemos por conta dos cuidados que são necessários.

O principal benefício mesmo é simples e que muitas vezes deixamos de lado, o amor. Os pets estimulam esse sentimento podendo até nos surpreender. Afinal, esse é verdadeiro significado da vida.

A possibilidade de monitoramento dos animais nos períodos em que não estamos presentes é um conforto e até uma precaução que vem sendo utilizada cada vez mais nas casas de quem se preocupa com seus pets. Aqui vão 4 dicas importantes para te possibilitar estar sempre de olho e ajudar a cuidar ainda melhor do seu pet.

1 - Use câmeras que tenham diversos recursos e com imagem em alta resolução

Com o avanço da tecnologia em relação a câmeras e compressão de dados, já é possível ter um dispositivo que proporcione imagens com muita qualidade e por preços acessíveis. Busque sempre por uma câmera que tenha também o maior ângulo de captura possível e de preferência, com visão noturna para que seu pet possa ser monitorado mesmo com a ausência de luz.

Outro ponto importante é o monitoramento. Busque câmeras de marcas conhecidas e de preferência, estabelecidas no Brasil. Certamente o aplicativo de monitoramento de empresas que estão próximas aos clientes vai ser mais eficiente e simples de utilizar. Lembre-se, é com o aplicativo que você vai lidar o tempo todo. Se não for bom, você pode não conseguir realizar um monitoramento com eficiência.

A gravação também é um recurso importante. Pode ser em cartão de memória ou em nuvem, mas ter a possibilidade de gravar por pelo menos 3 dias pode fazer toda a diferença, afinal, não podemos estar de olho o tempo todo.

Monitorar Seu Pet

Busque câmeras de marcas conhecidas e de preferência, estabelecidas no Brasil. Certamente o aplicativo de monitoramento de empresas que estão próximas aos clientes vai ser mais eficiente e simples de utilizar.

2 - Como posicionar as câmeras​

Monitorar Seu Pet

Procure sempre ter a maior cobertura do ambiente. Dessa forma, busque locais altos e de preferência em quinas. Esse ângulo possibilita maior visibilidade e evita que seu animalzinho, por curiosidade, danifique o equipamento.

Existem câmeras que podem ser manipuladas remotamente, alterando o ângulo de acordo com a necessidade. Nesse caso, uma posição central pode ser a melhor solução. De qualquer forma, o correto é avaliar qual a melhor câmera para o ambiente que está sendo monitorado.

Busque também por operadoras que comprovadamente investem na ampliação da rede e em constante atualização de tecnologia. 

3 - O áudio também é importante​

Não basta apenas ver o que ocorre, mas também ouvir os sons do ambiente. Muitas vezes podemos entender a reação dos animais pela forma como ele está se expressando, sejam latidos, choros, miados ou qualquer outro som. Os barulhos também são reveladores e é sempre bom lembrar que os pets possuem uma audição muito aguçada. Alguns comportamentos podem ser justificados por conta de estrondos como fogos de artifício e outros sons estridentes.

Busque por uma câmera que tenha tanto microfone, como saída de áudio. Assim mesmo que o seu pet não possa te ver, certamente ele vai reconhecer a sua voz e vai se acalmar em alguma emergência.

4 - Conexão Wi-Fi e com a internet

Dê preferência para câmeras Wi-i-Fi. Além de eliminar fios, você pode mudar sua posição dentro do ambiente sempre que precisar. Para isso, certifique-se de que a cobertura do Wi-fi na sua casa seja a mais abrangente possível. Não adianta ter um sinal bom somente próximo ao roteador, quando o local onde o monitoramento é necessário está distante e sem conexão.

Tenha também uma internet estável. É por ela que você vai monitorar o seu pet. Busque provedores locais, com reconhecimento de prestarem bons serviços e com um atendimento rápido e eficiente.

Monitorar Seu Pet

Confira outros artigos do blog​

//
inovação em cada conexão
👋 Eu sou o VIKI, em que posso te ajudar?
Gigalink inovação em cada conexão

Quanto é 12-6?

Gigalink inovação em cada conexão